Close

Orgânicos, artesanais e agroecológicos

Tulasi realiza neste sábado sua última feria de orgânicos do ano, com produtos e programação especial

Amanhã (25) é dia de feirinha no Espaço Tulasi, em clima de final de ano, já que será a última de 2017. A programação, que começa às 8h e segue até o meio dia, inclui um aulão de yoga com o instrutor Fred Santos (das 9h às 10h30), e um bate-papo com as nutricionistas Roberta Souto e Juliana Machado (das 11h às 11h40), que vão dar dicas sobre como preparar um almoço saudável. Entre a prática de yoga e a conversa com as especialistas, haverá degustação de novos produtos da casa, como açaís, tofus orgânicos e pães integrais da Chiviteria e Pastelaria Céu e Terra, e, ainda, exibição do documentário de Roberta Guimarães sobre os agricultores, parceiros e certificados orgânicos do Tulasi.

A casa abre com um mix de mais de 600 produtos, incluindo os hortifrútis frescos locais (conforme a época, em torno de 60 a 90 itens), e os artesanais, que embora não tenham o certificado de orgânicos, são produzidos com responsabilidade de procedência. “São produtos importantes porque estimulam o consumo local, assim como o pequeno artesão de alimentos”, defende Renata Nascimento, proprietária do Tulasi.

A loja também comercializa carnes sustentáveis da marca Korin Agropecuária em substituição às orgânicas, que ainda têm preço muito elevado. A marca foi pioneira na produção brasileira em escala de frangos e ovos livres de antibióticos e outros químicos, e comercializa carne sustentável, oriunda de gado criado solto na região do Pantanal, proveniente de áreas sob manejo sustentável, com boas práticas e atendimento a critérios ambientais e sociais claros.

Dessa forma, em seu mix de produtos, o Tulasi comercializa os orgânicos, os artesanais locais e os agroecológicos. Esses, são provenientes de agricultores familiares, tradicionais, que têm selo OCS (Organização de Controle Social – OCS), do Ministério Agricultura, e também  são vendidos em feira. A diferença para os orgânicos é que essa produção não tem acompanhamento sistemático, nem auditoria do IBD, mas têm compromisso com o meio ambiente, não usam agrotóxico, herbicidas etc. “ O Tulasi compra porque eles têm produção e os ajudamos a escoá-la). Além disso, são produtos bons, produzidos de maneira orgânica só que sem selo de orgânico”, explica Renata Nascimento.

Serviço:

Feirinha de Orgânicos no Espaço Tulasi

Rua das Graças, 178, Recife

Adicionar comentário

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios são marcados *