Close

Mandioca: principal alimento do século 21

Aipim, macaxeira ou mandioca? Não importa como você a conhece, o que vale mesmo são os benefícios que essa raiz possui. E o melhor: é um alimento fácil de ser encontrado no prato do brasileiro e não pesa muito no bolso. Mas, a velha conhecida está ganhando fama. Em 2016, até a Organização das Nações Unidas (ONU) garantiu que a mandioca se transformou no principal alimento do século 21.

No cardápio do brasileiro, ela já é item indispensável, desde que os tempos em que essas terras eram colônia de Portugal. Lá, a substituição do produto já fazia parte da alimentação, já que a mandioca é rica em fibras, trocá-la por pães, arroz e macarrão nas refeições também apresenta seus benefícios. O auxílio na melhora da constipação intestinal e a sensação de saciedade é um dos benefícios apontados por médicos e nutricionistas.

A mandioca também é rica em vitaminas do complexo B e vitamina C, que ajuda a aumentar a imunidade. Além de ser antioxidante, a raiz ainda possui ação anti-inflamatória. Para os diabéticos, a fibra permite que a glicose seja liberada no sangue lentamente. Por não ser considerado um alimento calórico, os intolerantes ao glúten têm um motivo a mais para consumi-la: ela não possui glúten. Em média, em 100 gramas do vegetal, há 120 calorias.

Como se não bastasse, ela é riquíssima em manganês, tem ferro, fósforo, cálcio e potássio.

 

 

Adicionar comentário

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios são marcados *